quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

ALUGO-ME.


Chegámos ao fim de Janeiro. Como eu costumo dizer, a segunda-feira do ano. Não é que daqui para a frente vá melhorar, mas com estes cortes todos tudo tende a piorar. Acho que vou estar nas lonas o ano inteiro (como diria a minha amiga já intitulada "Desocupada"). E por falar em crise, melhor, uma altura menos boa dos cofres do nosso país, há que procurar novos negócios. Diria mesmo, novas formas de ganhar dinheiro. Entre várias opções, nos próximos dias vou "abrir-me" a todos e vou ajudar-vos a ganhar mais para gastar mais. É isso que o nosso Portugal necessita. Espero cansar-me depressa disto, senão, rasgado seria o meu novo nome do meio.

Mas passando ao assunto sério, a parte de ficar rasgado claro, para além de me abrir para todos vós vou também me abrir para quem me quiser. Ou seja, como o dia dos namorados se aproxima e há tantas pessoas a desejarem terem um namorado para esta altura, para poder mostrar aos outros ou até mesmo para não jantarem sozinhas, neste dia vou A-L-U-G-A-R - M-E.

Do tipo:

Sou um menino simpático. Como tenho algumas horas livres e como preciso de ganhar uns extras porque há quem me enrabe a conta bancária, resolvi alugar-me em fevereiro para ser o seu namorado e não ser enrabado apenas na carteira. 

     ***

- Sou jovem, com lindos olhos meio castanhos (já com algumas cataratas);
- Cabelo loiro (só dos lados);
- Atlético (sou torcedor);
- Sou sarado (das doenças que já tive);
- Se precisar atendo em hotéis e elevadores panorâmicos;
- Quanto a rosas, depois negociamos. 


P.S.: Vendo o meu corpo por dinheiro, xx euros, faço tudo. Chupo, dou e lambo o cu, sou jovem, xx anos, também faço hotéis pensões e domicilio.

2 comentários:

  1. nao estás com muita sorte. ninguém se inscreveu ate agora. (o PS é muito forte!)

    ResponderExcluir